Do impresso ao digital

A história da Rede Gazeta começa na década de 1920. Conheça os fatos mais marcantes do grupo de comunicação capixaba ao longo dos anos.

10985048_1563295770589924_1855045913133591640_n1928

O jornal vespertino A Gazeta circulou pela primeira vez em 11 de setembro de 1928.

1949

Antiga sede do jornal A Gazeta, na rua General Osório, nº 119.

1969

A Gazeta inaugura nova sede, no edifício A Gazeta, um prédio de 13 andares. Tem início a impressão do jornal pelo sistema off-set e a instalação do fotolito.

 

1971

Começa a funcionar em A Gazeta o primeiro telex em jornal do Espírito Santo, além os sistemas de recepção de telefoto e radiofoto.

1976

Entra no ar a TV Gazeta, a 18ª afiliada da Rede Globo.

1978

O Espírito Santo está crescendo e a empresa também: em junho é lançada a pedra fundamental para a sua nova sede. Um ano depois é inaugurada a Rádio Gazeta FM (92,5 Mhz).

1983

A Rede Gazeta muda para a atual sede, em Bento Ferreira. É inaugurada a Rádio Gazeta AM (820 Khz)

1988

1988 entra no ar a TV Cachoeiro, hoje TV Gazeta Sul.

1992

Para garantir a plena satisfação de seus leitores, em 1992, A Gazeta passou a ter suas edições diárias impressas em cores.

1995

Entra no ar a Rádio Litoral (102,3 Mhz) e a Rádio Antena 1, na antiga frequência da Rádio Gazeta FM, 92,5 Mhz.

1996

A Rede Gazeta lança o portal Gazeta Online, no dia 23 maio. Entra no ar a Rádio CBN (1250 AM).

1997

A Rede Gazeta inaugura uma nova emissora, a TV Norte, a atual TV Gazeta Norte, com sede em Linhares.

1999

A Rede Gazeta inaugura o seu novo parque gráfico, com a impressora Newsliner, usada nos principais jornais de todo o mundo.

2000

A Rede Gazeta lança o tablóide Notícia Agora.

2002

O GTV, primeiro canal de TV por assinatura com conteúdo totalmente capixaba, entra no ar na Net.

2003

A empresa lança o jornal Oportunidades – Cursos e Concursos, um guia semanal de mercado de trabalho.

2005

A Rádio CBN passa de AM para a frequência 93,5 FM

2006

A TV Gazeta Noroeste, em Colatina, é inaugurada. A TV Gazeta completa 30 anos. Entram no ar os portais Vrum e Lugarcerto.

2007

A TV Gazeta inaugura novo transmissor do Canal 4 no Morro da Fonte Grande. O Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta chega à sua 10ª edição.

2008

A empresa inaugura a Rede Litoral de Rádios. Um novo portal Gazeta Online entra no ar, com o conceito de web 2.0. O jornal A Gazeta completa 80 anos e inaugura uma redação multimídia. Entra no ar a Rádio Globo AM de Vitória.

2009

A Rede Gazeta amplia seus negócios e firma sociedade com a Fivecom Soluções em Web 2.0, além de lançar a Rádio Antena 1 Linhares (98,7 FM) e a Rádio Globo Cachoeiro (770 AM). A TV Gazeta lança o sinal digital.

2010

O programa Em Movimento, da TV Gazeta, passa a ser produzido e exibido em alta definição. O GTV ganha novo formato e passa a ser uma mídia de Web TV no portal Gazeta Online, que lança novo layout e sites. O jornal Notícia Agora completa 10 anos e fecha o ano com recorde de circulação.

A Rede Gazeta investe no formato multiplataforma e lança o Classificadões. O jornal A Gazeta também se aproxima do meio digital com reformulações gráficas e editoriais e lança o site agazeta.com.br. Em Linhares, a população ganha o Gazeta Online Norte e a Rádio Gazeta FM.

2011

O Gazeta Online lança site de compras coletivas, o Compre Gol, em 14 de fevereiro. A TV Gazeta completa 35 anos. Rádio CBN e Gazeta Online comemoram 15 anos. A Rede Gazeta lança a Agência.AG, em 6 de junho. O conteúdo on-line da TV Gazeta migra para o portal G1 e site GloboEsporte.com. A Gazeta muda formato para compacto em 17 de julho. O mesmo acontece com o Notícia Agora e os Classificadões. O Instituto Carlos Lindenberg inicia suas atividades oficialmente em agosto.

2012

A TV Gazeta Norte e o Curso de Residência em Jornalismo completam 15 anos. O programa A Gazeta na Sala de Aula ganha um site em 9 de março. O sinal digital chega a Cachoeiro de Itapemirim pela TV Gazeta Sul, em 27 de junho. Os portais G1/ES e Gazeta Online ganham novo visual em 18 de junho e 23 de agosto, respectivamente.

No segundo semestre, os veículos da Rede Gazeta realizam a maior cobertura multimídia das eleições 2012, com debates, entrevistas, pesquisas e reportagens. E quem quer trabalhar na empresa ganha em agosto o site Rede de Oportunidades. A TV Gazeta lança novo slogan em 12 de setembro: ‘TV Gazeta. É a gente com você’. E para dar voz aos leitores, o jornal A Gazeta lança Conselho de Leitores em dezembro.

2013

A TV Gazeta passa a produzir em HD. Mais qualidade de som e imagem e mais possibilidades de interação com o telespectador. A emissora implanta sistema para a produção e transmissão de todos os programas em alta definição. A tecnologia também melhora a produção do Jornal a Gazeta. O Parque Gráfico da empresa implanta tinteiros digitais e se torna o primeiro da América Latina a adotar  o sistema. Os tinteiros aumentaram em 85% a qualidade de impressão dos jornais.

Em 2013, o jornal completou 85 anos de existência com uma série de ações comemorativas. a principal delas foi a edição do livro Histórias que se Entrelaçam com fotos das mudanças de cenários da capital Vitória nas últimas oito décadas.

2014

No primeiro dia do ano, a Rede Gazeta inaugura a sua nova redação multimídia com um modelo inovador de funcionamento para produção de conteúdo em processo contínuo com acesso em todas as plataformas. Outro fato marcante foi o lançamento do sinal digital da TV Gazeta Norte para o município de Linhares. A sede da regional foi reformada para receber novos equipamentos e disponibilizar p sinal em HD para os telespectadores da região.

A Redação Multimídia da Rede Gazeta adotou um novo modelo de funcionamento para produção de conteúdo em processo contínuo com acesso em todas as plataformas.

 

2015

– O jornal Na! completou 15 anos. Para comemorar o aniversário, a promoção “Vai que dá, vai de Na!” presenteou os leitores com sorteios de carros.

– A TV Gazeta inaugurou novos cenários para os telejornais. A mudança foi aplicada para o Bom Dia Espírito Santo e ESTV 1ª e 2ª edição. O projeto foi elaborado pela equipe da própria emissora.

– Ted Conti se despede da emissora após 25 anos de apresentação do telejornal. Daniela Abreu assume bancada.

 

2016

– Fusão das unidades de Rádios e Jornais com atuação das duas unidades de forma integra e sinérgica.

– Os 20 anos da CBN foram celebrados com ações e convidados especiais como o filósofo Mario Sergio Cortella e o âncora da Rede CBN, Carlos Alberto Sardenberg.

– O Gazeta Online comemorou duas décadas com o lançamento de novo layout e bolo na Redação Multimídia.

– Os 40 anos da TV Gazeta foi comemorado com homenagens, eventos e um Globo Repórter exclusivo sobre o Espírito Santo.

– Inauguração do Gazeta Lab que tem como objetivo o desenvolvimento de projetos inovadores, com profissionais da Rede Gazeta e alunos de universidades e faculdades da Grande Vitória.

– A TV Gazeta recebeu o Prêmio Globo de Programação pelo melhor desempenho de 2016 entre as afiliadas do país.

– A Rede Gazeta lançou a Ative para oferecer soluções digitais às pequenas e médias empresas.

2017

– O sinal analógico foi desligado no dia 25 de outubro de 2017 na Grande Vitória. Para marcar a era da TV Digital, o ESTV 1ª Edição do dia seguinte foi ao ar ao vivo direto da Praça de Paul, em Vila Velha. O telejornal contou com a participação da banda Casaca, além do coral e roda de capoeira do projeto Dom Mauro, que funciona no mesmo bairro.

 

– Lançado em junho de 2017, o aplicativo A Gazeta Digital funciona como uma timeline com as notícias mais recentes publicadas no Gazeta Online. Além disso, os assinantes de A Gazeta têm acesso ao jornal pelo app. A tecnologia está disponível para dispositivos Android e iOS.

– Construído com a tecnologia Progressive Web App (PWA), o Na! Digital é o portal de notícias mais rápido do mundo. O primeiro carregamento da página demora em torno de 1,5 a 2 segundos. Já no segundo acesso, o tempo é de apenas 0,6 a 1 segundo.

2018

– Em janeiro de 2018, a Litoral Sul chegou em Cachoeiro de Itapemirim, na Regional Sul. A programação da nova rádio, que está no ar na frequência FM 101,1 MHz, conta com as vozes marcantes dos radialistas Gean Feitosa, Marla Bermudes, Marcio Simonato e Sérgio Pontes.

 

– A equipe da TV Gazeta Sul comemorou os 30 anos da emissora, que tem sede na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, na Região Sul do Estado.

– Para facilitar a navegação, o Clube do Assinante ganhou um novo site. Agora, as informações estão mais organizadas, de forma clara e direta. Desenvolvido com a mesma tecnologia do Na! Digital, o site é mais veloz e funciona como um aplicativo no celular.

– Para dar início às comemorações dos 90 anos da Rede Gazeta, o movimento “Somos Capixabas” foi lançado com o objetivo de valorizar o povo capixaba. Mostrando as características de Norte a Sul do Espírito Santo, a proposta foi contribuir para que o capixaba seja o protagonista da sua própria história.

– No dia 11 de setembro de 2018 a Rede Gazeta completou 90 anos. O jornal impresso A Gazeta foi o precursor da empresa, mas atualmente a Rede conta com 16 negócios.

 

– Lançamento da AGTV, uma revista eletrônica que busca as novidades do capixaba e as tendências que estão no dia a dia. O novo programa aborda sobre estilo de vida, moda, decoração e gastronomia. Com uma programação dinâmica, a apresentação fica por conta da cantora, atriz e empresária Flavia Mendonça.

– Para comemorar os 467 anos da Capital do Espírito Santo, a TV Gazeta preparou um programa especial para cobrir o Viradão Vitória ao vivo. Além de trazer atualizações em tempo real, o programa ainda contou com entrevistas exclusivas com os artistas que se apresentaram no evento.

– O telejornalismo ganhou uma nova identidade visual no dia que a TV Gazeta completou 42 anos e a Rede Gazeta 90. Com a mudança, o ESTV Primeira Edição passou a ser ES1 e o ESTV Segunda Edição, ES2.

– O diretor de Operação e Programação da TV Gazeta, Gabriel Moura, foi o grande vencedor na categoria “Gestor Destaque 2018” do 5º Prêmio Globo de Programação. A cobertura do Carnaval de Vitória pela TV Gazeta também ficou em primeiro lugar na categoria Melhor Projeto Integrado.

 

2019

– O Bom dia ES foi ampliado e os capixabas passaram a ter mais informações pela manhã. O jornal passou de 1h30 para duas horas de duração. A mudança é um reflexo da reformulação na grade da Rede Globo.